Thursday, March 14, 2013

Dias longos


Os dias estão ficando mais longos.
As horas demoram para passar.
Tenho vontade de chorar,
mas preciso segurar meu pranto.
Por que tanto desencanto?
Sinto que não sou mais bem-vinda.
Minha presença incomoda.
Minhas ações são reprovadas.
Por que sou tão odiada?
Não sei que atitude tomar.
Não sei que rumo seguir.
Somente sei,
que não quero mais ficar aqui.
Michelle Trindade



3 comments:

Por que você faz poema? said...

Às vezes é tempo de partir,
noutras, de esperar.

Mateus Medina said...

Às vezes não é preciso saber pra onde ir. Só é preciso ir.

Ou, como diria o mestre Gessinger "Nós não precisamos saber pra onde vamos / nós só precisamos ir..."

Nilson Barcelli said...

Não sei por onde vou, mas sei para onde quero ir...
Magnífico poema, nomeadamente o final.
Um beijo, minha querida amiga Michelle.