Friday, April 15, 2011

Charles Chaplin



E homenagem ao 122º aniversário de Charles Chaplin, um artista que gosto muito, segue uma reflexão dele...

"Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios

Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador

Sorri quando o sol perder a luz
E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos

Sorri vai mentindo a sua dor
E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz"

Charles Chaplin

3 comments:

Gilmar Morais said...

Michelle,

Arrisco algumas notas no sax (alto e tenor), embora esteja longe de tocar bem, mas ainda assim, uma das músicas que adoro tocar é exatamente essa. E, quando toco, a letra vai passeando pelo imaginário...

Uma ótima escolha! Ótima!

Michelle Trindade said...

Nossa.. deve ficar linda esta música no saxofone...

Caleidoscópio. said...

Obrigada pelo comentário gentil que deixou no meu blog! Charles Chaplin é, simplesmente, um show de sensibilidade, a mesma sensibilidade que pude perceber em suas palavras. Parabéns pelo blog!