Wednesday, August 07, 2013

Cega na noite escura

Ontem você me ignorou.
Hoje me procura.
Você me deixa confusa.
Cega na noite escura.
Cada dia espero,
 uma palavra sua.
às vezes ela é bela,
mas na maioria ela é crua.
Quando nos encontramos,
você fica frio e distante,
depois muda,
num só instante.
Não sei o que pensar,
como agir.
Não sei se continuo,
ou se é melhor fugir.
Lágrimas escuras,
Correm em meu rosto,
Ao sentir a ausência,
de você junto ao meu corpo.
Será que estou cega de paixão?
Ou apenas perdida na ilusão?
Todos os dias eu prometo te esquecer.
E todos os dias eu só penso em você.

Michelle Trindade



3 comments:

Mateus Medina said...

É a doença do amor

bjos

Marta Vinhais said...

A incerteza....Mas ama-se.....
Lindo...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Pandora said...

A paixão nascente é assim, cheia de incertezas... cheias de idas e voltas... é o tipo de coisa que a gente só sente falta quando está há muito sem sentir... tipo eu agora...